domingo, 4 de maio de 2008


" - Professora... (...)
- Sabe sexo explícito?
- Sei - disse a professora, desconfiada. - Que que tem sexo explícito?
- Passarinho faz sexo expíucito.
- Como é?
- Expíucito. - Passarinho faz sexo expíucito.
Por um longo tempo, enquanto as crianças riam, a professora ficou paralisada. Depois apagou a semente do quadro-negro e disse para todo mundo pegar lápis colorido e desenhar uma paisagem bem bonita." - Trecho da crônica "Sementinhas".

(VERÍSSIMO, Luís Fernando. Sementinhas: O Santinho, 3ª ed., Porto Alegre, L&PM,1991.)

Sexo, não entendo até hoje o porque dessa vergonha de se falar de sexo, não sei se é porque criou-se um mito sobre a relação sexual, principalmente na relação pai-filho, onde o pai ou o filho tem vergonha de falar sobre sexo, sobre prevenção, sobre o que fazer na hora, entender o que é, como fazer, essas coisas, que uma pessoa experiente pode passar para uma pessoa mais nova.

Infelizmente, a sociedade leva sexualidade na brincadeira, até na arte, onde tudo é possível, vamos dar um exemplo: essas bandas de forró (ou pelo menos dizem que é...) que tem por aí, a grande maioria só faz sucesso por causa das mulheres gostosas que aparecem usando uma calcinha minúscula, ou então fazendo posições insinuosas, me poupem, mas isso é ridículo, às vezes (sempre?!?!?) a banda em si nem produz o que chamamos de música, mas só faz o bendito sucesso por causa das mulheres expostas lá. A sociedade ao assistir uma peça onde há encenações de muita exposição acha ruim, como é que pode? Só tem um nome para isso: HIPOCRISIA, acha tão linda a exposição feita pelas "dançarinas" citadas acima, e quando vê a arte mesmo, no palco acha um absurdo, acha uma pouca-vergonha! Não consigo entender (mas juro que tento...).

A máxima moderna é: P... na B... e Gozo na X...

É e não adianta esconder, o que o povo pensa é isso, sexo por sexo e acabou! O amor está se esvaindo aos poucos, não recrimino quem faz sexo por sexo, só acho que pelo menos tem que saber o nome da pessoa, ao menos isso, ou então, conversar um pouco, mas... Aí quando fica grávida: "Ai, eu não planejava, vou abortar, mais um filho não dá, como vou me sustentar?" Toma porra!! Deu porque quis, agora arque com as consequências, na hora é tão bom (Cá entre nós, sexo é bom demais!)...

E como eu sempre falo: Amor que fica...


Saudações sexuais.


Ah! Sexo faz bem pra saúde viu? Não importa a sua opção sexual! E nem a idade!

4 comentários:

André Correia disse...

Isso é um absurdo!!
Falta de respeito, me senti envergonhado de ler isso!!
Atentado ao pudor!
vc devia ser preso!

André Correia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
ondas a parte, legal o texto...
belo tema, sem falar nos seus lindos comentarios
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
flws gordinho

Yuri disse...

pode crer vei ... esse é um tema bem doido ... eu mesmo nunca falei de sexo com meus pais ... e tb concordo com esse abuso da imagem feminina para vender certas coisas (as bandas de forro) mas de boas doido ... q se foda SEXO É MUITO BOM E FAZ BEM A SAUDE ...
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

André Correia disse...

queimação eminente detected®
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk